INFORMAÇÃO SOBRE AS ILHAS GALÁPAGOS

Situadas a 600 quilômetros ao oeste do Equador continental e no Oceano Pacífico, as Ilhas Galápagos são, provavelmente, um dos tesouros mais valiosos da humanidade em termos ecológicos por sua fauna silvestre e pelos estudos sobre a evolução. A UNESCO declarou as ilhas como "Patrimônio Natural Mundial" devido a sua diversidade de espécies e a outros estudos científicos.

Mas por que estas ilhas são tão importantes para a humanidade?

Não somente são atrativas por sua origem vulcânica e sua magnífica beleza, mas também, como se mencionou antes, devido à história sobre a evolução das espécies no planeta. Charles Darwin formulou sua teoria sobre a base de seus estudos de diferenciação das espécies de ilha em ilha, observando como os recursos e a localização geográfica afetavam sua adaptação e evolução.

Contudo, o que é mais chamativo para os visitantes e científicos é o comportamento das espécies com os humanos.

Em que parte do mundo há um lugar no qual as aves se aproximem a brincar ao redor de seus pés sem medo? Ou se tenha a oportunidade de nadar livremente com leões marinhos, ou mergulhar com tubarões chamados "tintoreras". Realmente, as Ilhas Galápagos são um paraíso marinho, que pode presumir de ser o melhor lugar do mundo para o snorkeling e o mergulho.

As Ilhas Galápagos são um arquipélago formado por 13 ilhas principais vulcânicas, 6 ilhas menores e 107 rochas e ilhotes. Acredita-se que a primeira ilha originou-se há mais de 10 milhões de anos, resultado da atividade tectônica. As ilhas mais jovens são Isabela e Fernandina, que ainda estão em formação, com a última erupção vulcânica em 2005. As ilhas estão distribuídas ao redor do Equador, 965 quilômetros (600 milhas) ao oeste do Equador (recentemente foram encontrados três vulcões no centro da ilha, todos eles ativos) (0 ° N 91 ° W).